sexta-feira, 31 de maio de 2013

A fofurice dos 2 anos... só que não

Eu já disse antes aqui que estou adorando essa fase do Theo. Canta tudo, fala tudo, entende tudo (quando quer, obviamente), conversa que até parece gente grande. É uma fofurice sem tamanho... só que não!

Ele anda com uma mania feia de bater na gente, principalmente em mim. Quando está no meu colo, fica querendo dar tapa no rosto. Se a gente está agachado, lá vem ele dar tapa nas costas. Aperta as minhas bochechas como se eu fosse o Fofão. E vocês acham que é com delicadeza??? Caraca, vai ter força assim lá na... deixa pra lá! Sem falar nos rompantes de fúria quando ele joga todos os brinquedos longe (ou em quem está na frente dele).

Outro dia fui com ele à farmácia. Precisava comprar um remédio para o preparo de um exame que faria no dia seguinte. Estávamos lindos e felizes como em comercial de margarina, na fila gigante que não andava, mas tudo ia bem. De repente baixou o malandro-caboclo-revoltado e o menino começou a gritar, chorar, espernear, querer me dar tapa, ameaçou se jogar no chão. E eu tentando contornar sozinha a situação com um tourinho de 15kg nos braços (com suspeita de tendinite) se remexendo e fazendo escândalo.

Conclusão? Deixei o remédio no balcão e fui embora, morrendo de vergonha. Porque sim, a gente acha que essas coisas só acontecem com os nossos filhos, só que não.

Eu só queria um buraco pra me enfiar.

Esse sorriso mata a mamãe

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Borboletinha, tá na cozinha

O Theo AMA música e AMA cantar. Desde sempre! Na escola ele tem aula de música e quando eu digo que é dia de Prô Nelson, o prô de música, ele diz "Oba!". Tem vários instrumentos musicais em casa (menos bateria, pelamor!) e adora brinquedos com música também.

Mas parece que de um dia para o outro começou a cantar todas as músicas que ele ouviu desde bebê, porque alguns DVD's ele já não via há um tempão e mesmo assim sabe cantar as músicas.

Olha que danadinho! O sorriso no final é porque ele sempre acha que eu estou apontando a câmera para fotografar! haha

video

terça-feira, 28 de maio de 2013

Rezando antes de dormir

Aqui nós não somos beatos, não vamos à missa e o Theo não é batizado (nem sei se será). Eu e Luiz temos a nossa religião e optamos por deixar que o próprio Theo escolha que caminho quer seguir. Como ele é pequeno, nos acompanha, mas quando ele crescer a escolha vai ser dele.

Mas eu acho importante ensinarmos a rezar, e assim começamos quando ele nem tinha 2 anos ainda. Ele escutava, esperava e só dizia "Mém". A impressão que dá é que ele só ficou armazenando a oração no cérebro e assim que aprendeu a falar melhor, da noite para o dia começou a rezar com a gente.

É muito engraçado, principalmente porque ele não aguenta ver a chupeta ali ao lado dele sem poder colocar na boca, e às vezes não resiste e antes mesmo da oração acabar, já pega e coloca na boca. E quando ele faz com as mãos "Em nome do Pai, do filho..."? Morremos de rir.

Vejam o vídeo que eu consegui fazer.

video

terça-feira, 21 de maio de 2013

Um passeio e o niver do vovô Lula

Os avós paternos do Theo não moram no Rio, e visitá-los é sempre uma viagem divertida, mesmo que pertinho. O Theo adora ir pra lá porque meu sogro tem um monte de bichos: cachorros, passarinho e uma gata, a Mel que o Theo tanto gosta. E além desses ainda é possível ver vários passando perto de casa, como cavalo, boi, coruja... praticamente uma fazenda! rs

Da última vez que fomos lá aproveitamos para cantar parabéns para o vovô Lula. Compramos uma torta para o Theo assoprar a vela e cantar parabéns para o vovô. Ele adora e queria apagar a vela o tempo todo!!! É o famoso "mais" que o Theo fala sempre! "Mais, vovô, mais".



Theo adora comer o cuscuz com leite e ovo da vovó Flávia. Não nega suas raízes nordestinas... só faltou a farofa!








segunda-feira, 20 de maio de 2013

Meu presente de Dia das Mães

Super atrasado, mas tá valendo!

Meu Dia das Mães começou na sexta, com uma surpresa linda que eu recebi quando fui pegar o Theo na creche. Meu verdadeiro presente embrulhado para presente e ainda uma blusa minha (que eu mandei durante a semana) que eles costuraram (!), transformaram em bolsa e o Theo pintou sua mão dentro de um coração. Eu já entrei para buscá-lo com a câmera a postos!

video

Achei tão lindo, tão diferente, tão criativo... abracei o Theo com caixa e tudo!




O domingo de Dia das Mães também foi muito legal! Theo me deu dois sapatos de presente e eu adorei! Tudo bem que eu mesma escolhi e o Papai não é lá de grandes surpresas, mas valeu a intenção.

O almoço em família também foi legal, mesmo depois do estresse por termos escolhido o lugar errado e só conseguirmos almoçar quase 16h. Nunca mais!



quinta-feira, 9 de maio de 2013

Mago Naylor

Eu já falei aqui o quanto idolatramos o pediatra do Theo, o Dr. Naylor. O Luiz costuma chamá-lo de "cabeça branca", cheio de experiência, e experiência certeira.
 
Já tivemos várias comprovações disso e a cada uma ficamos mais impressionados, mesmo sabendo que ele estudou pra isso, que é mais velho e experiente... enfim, somos fãs mesmo. Ele foi pediatra do meu primo André, que hoje tem quase 34 anos (tá velho, hein, primo?).
 
A última da vez foi a alergia à fralda que o Theo desenvolveu. Fomos ao consultório diversas vezes para ele acompanhar o desenrolar da história, mudamos marca a da fralda várias vezes, mudamos a pomada, deixamos de passar pomada, mudamos o sabonete do banho, suspendemos shampoo e o banho na creche, até que nada adiantou e ele indicou a fralda de pano e eu quase surtei.
 
Chegamos a mandar fotos da lesão para a minha dermatologista, que disse que não era da fralda e prescreveu uma outra pomada, além de uma manipulada. Mas não conta pro Dr. Naylor não! Tudo isso como tentativa desesperada de não ter que partir para a fralda de pano.
 
Mas nada adiantou. A sorte é que o Santo Theo não reclamava de nada, só coçava de vez em quando.
 
Aí veio o desfralde em meio a um turbilhão de problemas e emoções... e eis que a alergia foi sumindo, sumindo, sumindo. E hoje, quase um mês depois do início do desfralde, não tem mais nada!!!!
 
Incrível, gente. Eu às vezes quero não acreditar no que ele fala, mas ele é sinistro mesmo. Nem a dermatologista acreditou que o problema era da fralda.
 
Dr. Naylor, te amamos! rsrsrs
 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...